“Lidere sua mente” do autor Augusto Cury

Sinopse

Uma leitura maravilhosa!

Uma das áreas mais complexas da psicologia é entender que a construção de pensamentos é multifocal, e não unifocal. De acordo com a teoria da Inteligência Multifocal, desenvolvida por Augusto Cury, isso significa que construímos pensamentos e não apenas porque queremos construí-los conscientemente, enfim, pela decisão do eu.

 

O livro “Lidere sua mente: Seja autor(a) da própria história”, sem dúvidas foi um dos que eu mais gostei de ler. O autor explica os segredos da mente, que é bem complexa e ensina o que devemos fazer para liderá-lá. A leitura do livro é bem tranquila, porém o autor cita muitas vezes termos poucos conhecidos.
Augusto Cury diz que quando conseguimos liderar a mente, pensamos antes de agir, podemos reconhecer conflitos, atitudes incorretas, ter controle em relação ao mundo, às pessoas, não somos controlados, principalmente por ideias que perturbam.
Um Eu mal formado corre o risco de ser imaturo, mesmo que seja um grande cientista, mesmo que brilhe socialmente.
O autor cita também a fobia, que nada mais é um medo irracional desde um inseto ou até mesmo de elevador. É uma doença emocional. Para ter uma mente saudável, você não precisa ser um herói, a liberdade, a verdadeira mudança é conquistada dia a dia.
O autor revela no livro, que devemos ser protagonistas do teatro mental. Devemos ser apaixonados pela vida, pela espécie humana, assim teremos uma qualidade melhor de vida e também de sabedoria.
Muitas pessoas não são autoras de suas histórias, porque elas preferem se render a fragilidade do eu. Elas preferem ficar na plateia, ao invés de ficar no palco da vida. Outras pessoas são controladas por traumas do passado , decepções. Uns conseguem resolver tranquilamente, outras ficam guardando todos os transtornos por anos.
Augusto Cury cita no livro Jesus Cristo, como um mestre que foi autor pleno de sua própria história. O autor diz que ficou encantado com a personalidade de Jesus.
Jesus tinha todos os motivos possíveis para ter um eu descontrolado, com ansiedade, depressão, fobias, mas mesmo com toda a pressão e problemas desde a infância, Ele conseguiu manter sua saúde emocional. Gerenciava excepcionalmente seus pensamentos.
Jesus nos ensinou a sermos autores das nossas próprias histórias.
Devemos usar o silêncio, quando somos pressionados, manter a serenidade em ambientes altamente estressantes.

Boa leitura!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s