Você decide o final da história

Mais um dia se inicia na vida de Aria, mais um café da manhã recheado de perguntas e sarcasmos de Samantha, sua mãe. Ela já estava acostumada com a situação, embora achasse um total sacrifício lidar com isso. Aria começa a olhar em direção a mãe e diz -Algo de errado comigo? Se tiver, por … Continuar lendo Você decide o final da história

Coisas para fazer na hora do tédio

-Veja um filme engraçado -Veja sua série favorita -Que tal maratonar aquela série que você tanto quer ver. -Converse com um amigo pela Internet -Ligue para uma pessoa especial -Passe o tempo com caça-palavras -Desenhe (não precisa ser expert) -Leia um artigo ou um livro interessante -Jogue um jogo bacana -Baixe um aplicativo de karaoke … Continuar lendo Coisas para fazer na hora do tédio

Não me deixe sem café

O meu dia não começa sem ele. Não gosto de ser incomodada quando estou tomando café, com exceção de uma boa conversa, uma boa história. Hum, o cheiro dessa bebida me proporciona boas sensações, um cheiro de sossego, de tranquilidade, de aconchego. Confesso que sou mais tradicional, amo um café preto, mas também não dispenso … Continuar lendo Não me deixe sem café

Você

Gosto tanto dos seus olhos castanhos, mais ainda quando eles estão em minha direção. Sua voz me hipnotiza as vezes, quando abre a boca, as palavras soam como poesia. Os seus abraços são perfeitos, me trazem uma sensação de máxima proteção. Ter você na minha monótona vida é a salvação. Ao seu lado resgato forças … Continuar lendo Você

Mudanças Constantes

Quando criança pensei em ser médica para assim ajudar muitas pessoas. Sonhei em ser atriz, cantora e até bailarina. Acreditei plenamente nas histórias dos desenhos animados, em super-heróis, papai noel e até nas pessoas. Quando adolescente pensei em mostrar para os outros a minha "importância". Muitas vezes até cheguei a perder minha essência para provar … Continuar lendo Mudanças Constantes

Amarga Inocência

Eduarda era uma garota simples, sonhadora, romântica e muitas vezes inocente. Ela enxergava somente coisas boas nas pessoas. É uma característica bonita e nobre, não posso negar, mas sei que pode ser também muito perigosa. Certo dia Eduarda conheceu um rapaz muito bonito que se encantou por ela. Era o Augusto, um médico que trabalhava … Continuar lendo Amarga Inocência

O garoto do ônibus

Quase todas as vezes em que tomo o ônibus, você está lá. Na maioria das vezes me olhando, não fazendo questão de disfarçar. Aí penso que talvez possa me conhecer de algum lugar, de outra vida talvez. Só sei que seu olhar não me assusta, ele parece bem familiar. Tenho certeza que temos uma certa … Continuar lendo O garoto do ônibus