Certas fases são necessárias

Sinto que para alguns seres humanos, os verdadeiros amigos são Deus, o papel, o lápis, o silêncio e as palavras.
Quando você se esgota externamente e internamente, logo quer se refugiar em um lugar.
Certas atitudes destroem sentimentos verdadeiros.
Certas palavras ferem mais que um soco no rosto.
Nesses momentos você se vê sozinho, sem ninguém para compartilhar suas dores e alegrias.
Até pode ter algumas pessoas, por outro lado não são tão dignas de confiança.
Entra no quarto, conversa com Deus em pensamento.
Pega um papel, um lápis e tenta transferir tudo o que sente através das palavras.
Para muitos, esse ato pode parecer uma bobagem.
Mas as pessoas sensíveis e com um bom grau de empatia entendem muito bem.
Já parou para refletir sobre quantas vezes seus sentimentos foram desprezados.
Suas atitudes não receberam o merecido valor.
Sua capacidade foi subestimada.
Se não, pare e reflita agora.
É chato porém necessário.
Chegou a hora de acordar, concorda?
Muita coisa precisa ser revista.
Muitas pessoas precisam ser deixadas de lado.
É hora de relevar certos detalhes e seguir a vida.
Quando você carrega problemas do passado nas costas, fica difícil avançar.
Pelo seu bem, passe uma borracha por cima dos impecílios e se enalteça.
Tenha em mente que você consegue e merece ser feliz.
Vista de autoestima, se encha de energia e vá a luta!
Dificuldades sempre existirão, mas com as experiências você aprende a eliminar aquilo que é maléfico pra sua saúde física e mental.
Certas fases são necessárias, o que você é hoje, é resultado dos acontecimentos anteriores.
Não deixe ninguém te dizer o que você deve ou não fazer, mostre a sua voz.
Elimine indivíduos que não somam, melhor ter a companhia de um fone de ouvido do que estar acompanhada de pessoas que representam as piores trilhas sonoras.
Se ame, vai que o mundo é todo seu.

5 comentários em “Certas fases são necessárias

    1. Você resumiu perfeitamente. É verdade mesmo!
      Com o tempo você começa a prezar pela qualidade e não quantidade. Os bons permanecem, algumas vezes nem esses. Pelo menos o que a gente achava que eram “amigos”.
      Obrigada pelo comentário!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s