O garoto do ônibus

Quase todas as vezes em que tomo o ônibus, você está lá. Na maioria das vezes me olhando, não fazendo questão de disfarçar. Aí penso que talvez possa me conhecer de algum lugar, de outra vida talvez. Só sei que seu olhar não me assusta, ele parece bem familiar. Tenho certeza que temos uma certa ligação, me resta saber qual.

Sua presença me deixa feliz, não sei explicar o porquê.

original (4).gifCerto dia você acenou com as mãos, mas fiquei em dúvida se foi para mim. Não esbocei reação, pelo contrário fiquei paralisada. No entanto, junto com o susto veio um sorriso interior.

Logo depois a paranoia tomou conta. Pensei “ele me deu tchau e não retribuí”. Vários pensamentos invadiram a minha mente, acho que nunca pensei tanto em minha vida depois desse fato.

Garoto, não sei o que você tem, mas garanto que seja o que for me intimida.

Quem sabe um dia desse a gente se esbarra por aí novamente e em vez de trocar olhares, a gente possa jogar conversa fora?

Aguardo ansiosamente por esse dia. No momento estou satisfeita com o seu olhar, pois me falta coragem para me aproximar.

Saiba que ganho o dia graças aos seus olhos em minha direção.

 

 

2 comentários em “O garoto do ônibus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s