RESENHA: A Guerra que Salvou a Minha Vida | Darkside Books

Olá Pessoal, é minha primeira vez por aqui e venho com uma resenha de um livro que se tornou queridinho na minha estante.

foto1-destaque.png

A Guerra que Salvou a minha vida, autoria da Kimberly Brubaker Bradley foi lançado em 2017 pelo selo Darklove da Editora Darkside Books. E como esperado da Darkside, a edição é de encher os olhos. Um verdadeiro mimo, desde a capa com ilustração da Ada e ao fundo uma colcha de “retalhos” (com ligação direta à história), até a diagramação, tudo muito caprichado!

foto2

A Guerra que Salvou a minha vida é uma história ambientada durante a Segunda Guerra Mundial e narrada pela Ada, uma garotinha de aproximadamente 10 anos que nasceu com uma deficiência, o pé direito torto, e por esse motivo é alvo da rejeição da mãe. Por considerar a filha “aleijada” uma vergonha, decide trancafiar a Ada no pequeno cômodo onde moram e privá-la de uma vida normal, limitando-a ver tudo através de uma janela.

foto3 (1)

Esse é o tipo raro de livro que te conquista já nas primeiras páginas, me vi comovida já no início da leitura com a batalha solitária da Ada contra suas limitações em prol da liberdade, do amor ao Jamie e da aceitação da Mãe (um ser humano horrível). Enquanto a Ada divide seu tempo entre aprender a andar, cuidar do Jamie, do pequeno apartamento e vislumbrar o mundo através da pequena janela, a guerra chega na Inglaterra e as crianças são evacuadas para o interior a fim de garantir sua segurança frente a um possível bombardeio alemão.

foto4

Após vencer alguns percalços, a Ada consegue embarcar junto com o irmão em um dos trens, os passos que levaram a Ada até esse momento exigiu uma dose extrema de coragem e perseverança. A partir daí, nossa pequena combatente se depara com um mundo além da pequena janela. Um mundo com cores e sabores jamais experimentados, e com batalhas a serem vencidas e feridas a serem curadas.

foto5

Me vi querendo abraçar a Ada, protegê-la de alguma forma e dizer que tudo ficaria bem. A autora consegue o feito de mergulhar no íntimo do sentimento dos leitores, você se sente envolvido completamente pela história triste e tocante das duas crianças. A relação de amor e cuidado dos irmãos é linda e de uma solidez impressionante tratando-se de crianças de tão pouca idade.

A escrita da Kimberly Brubaker é fluida e, por ser narrada por uma criança, traz simplicidade e veracidade à história, conectando-nos diretamente à Ada, o Jamie e a Susan (uma jovem capaz de superar os próprios fantasmas em nome do amor). Um livro que revela sutilmente o quão importante e forte são os laços construídos a base de confiança e doses diárias de carinho e atenção.

“Parecia o mar, a luz do sol, os cavalos. Parecia amor. Vasculhei minhas ideias e encontrei o nome. Felicidade.”

Vencedor do Newbery Honor Award, primeiro lugar na lista do New York Times e adotado em diversas escolas nos Estados Unidos.

 

Ano: 2017 Editora: Darkside Books Páginas: Amareladas – 240

Me conta o que achou do post, vou adorar saber sua opinião! 

Tem instagram? Então vem conhecer o Distração Literária (@literariad), vou amar ter você por lá ❤

 

Por: Literária D

6 comentários em “RESENHA: A Guerra que Salvou a Minha Vida | Darkside Books

  1. Esse livro também é o meu queridinho! Fiquei apaixonada pelo cuidado que a Dark Side organiza os livros. No meu blog, escrevei cinco motivos para ler “A Guerra que Salvou a Minha Vida”. Realmente vale a pena! Beijos
    blogmarianasales.com

    Curtir

    1. Olá Mariana, a Darkside realmente capricha nas edições. Muito amor pelo trabalho e capricho com os livros! Irei conferir seu post, beijos! ❤

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s